COBERTURAS DE VIDRO AJUDAM NA AMPLIAÇÃO DE ÁREAS EXTERNAS


As extensões cobertas por vidro trazem mais beleza e sofisticação aos projetos. Representam um importante segmento de atuação no mercado vidreiro, mas o vidraceiro precisa, antes de tudo, garantir a segurança do cliente com a aplicação do vidro certo

25/08/2017

A cobertura de vidro tem conquistado espaço por seu grande valor estético e conforto proporcionado. É um perfeito modo de cobrir uma área externa, pois amplia ou une ambientes, ao mesmo tempo que permite a passagem da luz solar, porém, protegendo o local, móveis e objetos de intempéries naturais como vento e chuva. Sua estrutura pode variar em cores e materiais, como alumínio e aço inox. Os vidros também podem ser escolhidos de acordo com necessidade do cliente, podendo proteger o local dos raios solares e proporcionar isolamento do som. 

Residência em São Paulo utiliza vidro Habitat neutro verde laminado

Apesar da variedade de vidros, em qualquer cobertura, marquise e claraboia deve ser  aplicado pelo menos o vidro laminado de 8 ou 10mm. “O vidro laminado consiste em duas ou mais peças de vidro comum com uma película de polivinil butiral (PVB ) entre elas, pois, se houver quebra na cobertura de vidro, esta película impede que o vidro caia, continuando prezo e evitando acidentes”, explica Glaucia Galvão, diretora da Imagem Vidros Decor. A Norma Técnica NBR7199 também indica o vidro aramado, considerado um vidro de segurança por possuir uma rede metálica de malha quadriculada incorporada à sua massa. 

Os vidros reflexivos utilizados neste projeto do Studio Cris Paola são laminado e temperado de 6mm, com efeito de melhoria térmica e acústica, na cor incolor e liso, fixados com sistema de perfis de alumínio. A proposta era transformar a varanda de 90 m² em um espaço para receber amigos para um churrasco. Na área da piscina, foi colocado um teto retrátil para controlar a entrada de luz.  

Valor agregado

Há algumas variações de uso do laminado e possibilidades múltiplas. A PKO, por exemplo, oferece duas composições diferentes: o insulado-laminado e o temperado-laminado. No vidro insulado é incluído entre suas lâminas uma câmara de ar que ainda recebe uma dupla selagem, que torna o produto um excelente isolante térmico e acústico. A empresa oferece ainda o vidro insulado triplo e vidro insulado defasado em até quatro lados. O temperado-laminado reúne os benefícios dos vidros laminados e temperados, aumentando a segurança. Uma novidade da PKO no assunto é o Sentryglass®, desenvolvido através de uma nova técnica de acabamento dos vidros, ideal para projetos com bordas expostas, pois, devido a um processo de beneficiamento mais moderno, elas ficam mais lisas, uniformes e transparentes. 


Além dessas características de beneficiamento, é possível acrescentar outras utilidades nos vidros como controle solar ou autolimpante. O vidro autolimpante recebe uma camada transparente de dióxido de titânio (TiO2) na superfície externa do vidro, que usa os raios UV (ultravioleta) e água para combater os resíduos acumulados com o tempo. Já o vidro de controle solar é formado a partir da deposição de camadas metalizadas em uma das suas superfícies, que reduzem a passagem dos raios do sol por meio do vidro, garantindo maior conforto térmico aos ambientes e melhor controle da luminosidade. 

 

Aproveite e confira as próximas turmas do curso de guarda-corpo com cobertura de vidro da VI Cursos: http://bit.ly/2rzY5c2

(11) 3856-0800

Entre em contato conosco e conheça todos os nossos cursos para vidraceiros, datas, valores de investimento e conteúdo programático de cada módulo.

Siga-nos!